Análise da coleção de livros didáticos: Saber e fazer História.

Análise da coleção de livros didáticos: Saber e fazer História.
Autores: Gilberto Cotrim, Jaime Rodrigues - 7º edição, 2012, Editora: Saraiva.
Concepção de História:
A coleção "Saber e fazer História" é formada por quatro volumes. Esta coleção apresenta aspectos relevantes do processo histórico mundial, incluindo a História do Brasil. Nela os assuntos de História Geral são estudados com os assuntos de História do Brasil, o que leva o aluno a perceber que na história muitas coisas estão acontecendo ao mesmo tempo e que fatos ocorridos em outras partes do mundo exercem uma grande influência na nossa vida. Tem como concepção de história fazer um “juízo crítico” do processo histórico e seu principal objetivo é promover a participação dos alunos na construção do conhecimento histórico. O livro não está centrado na enumeração de datas, personagens ou acontecimentos históricos, isto é, não está focando na memorização mecânica. A abordagem tanto histórica quanto pedagógica, tem influência marxista, logo às analises para com os sujeitos históricos abordados no livro apresentam uma leitura crítica marxista. O livro adota a proposta curricular integrada, articulando temas da História do Brasil e da História Geral, em uma abordagem cronológica. A abordagem historiográfica do livro tem algumas renovações  inseridas nas temáticas, como por exemplo, a seção “De volta ao presente”, sempre ao final de cada capítulo retoma um dos temas explorados apresentando imagens, tabelas, gráficos ou mapas que colaboram na construção da relação entre o passado e o presente e no fortalecimento das noções de cidadania e participação social.

ANÁLISE DO TEXTO DOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL – FASE II.

ANÁLISE DO TEXTO DOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL – FASE II.

É certo que o PCN  visa auxiliar o professor na reflexão sobre os pressupostos históricos e pedagógicos de concepções de ensino e sobre as abordagens e conteúdos selecionados para os estudos escolares. Pretende contribuir para que o professor se posicione diante do ensino de História, especialmente quanto às suas finalidades e possibilidades de transformações. O ensino de História na interlocução com o conhecimento histórico e pedagógico, o saber histórico escolar tem mantido tradições, tem reformulado e inovado conteúdos, abordagens, métodos, materiais didáticos e algumas de suas finalidades  educacionais e sociais, e o papel da História em difundir e consolidar identidades no tempo sejam étnicas, culturais, religiosas, de classes e grupos, de Estado ou Nação. Dessa forma têm sido recriadas as relações professor, aluno, conhecimento histórico e realidade social em benefício do fortalecimento do papel da História na formação social e intelectual de indivíduos para que, de modo consciente e reflexivo, desenvolvam a compreensão de si mesmos, dos outros, da sua inserção em uma sociedade histórica e da responsabilidade de todos atuarem na construção de sociedades mais igualitárias e democráticas.

O SUPER DNA : Expedição Irmãos Villas Bôas - 1953

O SUPER DNA : Expedição Irmãos Villas Bôas - 1953

O SUPER DNA : UFMT.Ciência - Documentário: Expedição Roosevelt-R...

O SUPER DNA : UFMT.Ciência - Documentário: Expedição Roosevelt-R...

O SUPER DNA : Gosta de escrever? Confira os sites que permitem c...

O SUPER DNA : Gosta de escrever? Confira os sites que permitem c...: http://osuperdna.blogspot.com.br Existe sites específicos para criar e publicar livros online; veja quais são eles Fonte: Shutterstoc...

O SUPER DNA : Diferença entre Xiitas e Sunitas

O SUPER DNA : Diferença entre Xiitas e Sunitas: Após a morte do   profeta Maomé   (ou Mohammed), o fundador do Islamismo e autor do livro sagrado   Alcorão , houve um processo de ...

O SUPER DNA : Epicentro LIVE [DVD Completo] - Feat. Jesús Adrián...

O SUPER DNA : Epicentro LIVE [DVD Completo] - Feat. Jesús Adrián...

O SUPER DNA : E-book Que É História?

O SUPER DNA : E-book Que É História?: Que é História ? Carr, Edward Hallett Este livro digital reúne uma série de conferências proferidas pelo Prof. E. H. Carr na Universi...

O SUPER DNA : E-book História E Memória Jacques Le Goff

O SUPER DNA : E-book História E Memória Jacques Le Goff: E-book História e Memória - Jacques Le Goff. Reconstrói a Evolução do Conceito de História, INDAGANDO e confrontando como ...

O SUPER DNA : Apologia Da História Ou O Ofício De História. E-bo...

O SUPER DNA : Apologia Da História Ou O Ofício De História. E-bo...: Apologia da História UO o Ofício de História Fuzilado Pelos nazistas EM 16 de junho de 1944 Proximo a Lyon, Marc Bloch deixa...

O SUPER DNA : 1808/1822 Livros Digital - Laurentino Gomes (1808 ...

O SUPER DNA : 1808/1822 Livros Digital - Laurentino Gomes (1808 ...: Kit Livros Digital - Especial Laurentino Gomes (1808 + 1822) Escritas por Laurentino Gomes - um dos mais influentes jornalist...

O SUPER DNA : E-book História As Primeiras Civilizações . Jaime ...

O SUPER DNA : E-book História As Primeiras Civilizações . Jaime ...: E-book História As Primeiras Civilizações . Jaime Pinsky. E-book História "As primeiras civilizações". Jaime Pinsky. Livro ...

O SUPER DNA : Qual o significado da suástica?

O SUPER DNA : Qual o significado da suástica?: Qual o significado da suástica? Desde que a suástica foi usada como símbolo do Partido Nacional Socialista de Hitler, o Ocidente passou...

PROJETO: O ENSINO DE HISTÓRIA EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES – MUSEU

PROJETO: O ENSINO DE HISTÓRIA EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES – MUSEU

Tema. Pedras que guardam segredos. Homens e objetos da           Pré-história.


Turma: 7ª serie (8º ano)
Duração: 5 aulas

JustificativaDesenvolver e instigar a curiosidade histórica e conscientizar sobre a importância da preservação de achados históricos. O aluno terá contato com peças e imagens sobre a vida das populações pré-históricas o que os instigarão a imaginar a vida na pré-história, a criação e desenvolvimento dos artefatos em pedra, os significados das imagens e a percepção que existe uma história em cada peça, além de reconhecer a importância histórica na preservação de achados arqueológicos e os elementos históricos da formação do homem.

Objetivos:     Promover o conhecimento da cerâmica, utensílios e da arte rupestre e as manifestações artísticas dos povos da pré-história, povo antigos e povos pré-colombianos, como forma de conscientização da milenar aventura do homem no continente e a diversidade de formas de ter contato com a história por meio de resgate, preservação de achados arqueológicos.

ESTUDO DO ARTIGO.Entre continuidades e rupturas: uma investigação sobre o ensino e aprendizagem da História na transição do quinto para o sexto ano do Ensino Fundamental

Cainelli, Marlene Rosa. Entre continuidades e rupturas: uma investigação sobre o ensino e aprendizagem da História na transição do quinto para o sexto ano do Ensino Fundamental. Educ. ver., Dez 2011, no.42, p. 127-139. ISSN 0104-4060
                          
É certo que o ensino, a educação oferecida pelo município na sua maioria não tem uma sincronia com o ensino, a educação oferecida pelo estado. Isso acontece no estado do Paraná e aqui em Rondônia, municípios e estado não possuem uma unidade pedagógica.

            A municipalização do Ensino Fundamental I criou uma efetiva divisão de aprendizagem na vida escolar dos alunos do ensino fundamental de 1º ao 9º ano, visto que sofrem um rito de passagem que vai além de trocar a sala de aula com apenas um professor para uma sala de aula agora com vários professores, mas também a mudança na pedagogia de ensino-aprendizagem e até eventual desconfiança do seu nível de conhecimento.